• Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle

INDY NAÍSE © 2019. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. CNPJ: 29.729.248/0001-70. 

 

BIOGRAFIA

Indy Naíse é cantora e compositora, nasceu em 1993 na cidade de Juazeiro (Bahia), porém é radicada em São Paulo.

Começou a carreira em Junho de 2014, sendo premiada em sua primeira vez no palco quando ganhou em primeiro lugar como melhor cantora em todas as categorias do Festival de Música Ala Guarujá.

Com esse incentivo, resolveu estudar música e hoje é formada em Canto Popular e Regência pela ETEC de Artes do estado de São Paulo. Possui centenas de milhares de visualizações no youtube e vem se destacando no cenário da música desde então. Lançou, em Dezembro de 2018, seu primeiro disco "É Questão de Cor“.

Em 2019, criou a produtora "Filha do Trovão" e agora é auto gestora de sua carreira e cuida também de sua identidade visual.

Seu repertório majoritariamente autoral, aborda questões que são emergenciais para nosso convívio em sociedade. Tendo o foco na mulher negra, no racismo, machismo e desigualdade social, Indy consegue nos mostrar isso de forma implacável e direta.

DESTAQUES

• 1º Lugar como melhor cantora nas categorias de Júri Técnico e Júri Popular do Festival de Musica Ala Guarujá. (2014)

• 3º Lugar como melhor cantora na categoria de Júri Técnico do Festival de Música Ala Guarujá. (2015)

• Em 2015, o samba-enredo “Ancestralidade” teve mais de 100 mil visualizações pela página “Brasileiríssimos” e, em 2017, mais de 300 mil visualizações pelo canal do Buscofem no YouTube.

• Além de participar de canais de música independente como Sofar Sounds, Elefante Sessions e Unnova Produções, Indy também tem em seu currículo participação no "Encontro com Fátima Bernardes" e no evento de caráter mundial "TedxSãoPaulo“.

• Em Setembro de 2017 a música “Rio Doce” foi uma das 20 obras escolhidas para compor a exposição “Rios, Reflexos de Nós” da SOS Mata Atlântica que aconteceu no Conjunto Nacional (SP).

• Já trabalhou com grandes nomes da música como Rincon Sapiência, Emicida, Fióti e IZA.

• Seu primeiro show de lançamento do disco “É Questão de Cor” esgotou no Itaú Cultural.

• Em Setembro de 2019 foi uma das 24 artistas selecionadas pelo Spotify para o projeto Casa de Música Escuta As Minas.